Um projeto que visa juntar gerações aliando as artes, os costumes e as tradições. Porque afinal nada é mais bonito do que a troca de experiências e de sabedoria. E se os mais novos têm muito a aprender com os mais velhos, igualmente o mais velhos têm uma vontade especial de continuar a comunicar com os mais novos.

“Oh, menina! Quem lhe paga isto? Se for o Estado que lhe dê bom dinheiro”

                                                                                                                     – Maria Alice

“Venham todas as semanas. Alegrar um pouco a gente”

“Papoilas que o vento agita
não me canso de vos ver
há lá coisa mais bonita
que ser simples sem saber”

        Malmequer Pequenino, Canção de Amália Rodrigues. 

“Portem-se bem lá fora” assim despedem-se de nós como se fossamos família